Com a crise política, o Brasil foi tomado de assalto por 200 milhões de cientistas políticos, que travam nas redes sociais uma guerra de memes, desinformação, ódio e falsas certezas. No meio de tudo isso, ficam os jovens do ensino médio, perdidos no meio da chuva de perdigotos dos ideólogos de Facebook.

Diante deste cenário, Diogo Salles criou um modelo de palestra especificamente voltada para alunos do ensino médio, que se propõe a fazer um trabalho de imersão em temas políticos e de cidadania. Discutir ideias, não partidos. Questionar crenças, não pessoas. Parafraseando Millôr, intenção não é responder perguntas, mas perguntar respostas, formulando conceitos a partir desses questionamentos. Tudo é abordado de uma forma leve, irônica e palatável aos jovens, usando a linguagem da charge e do humor gráfico como referência.

Além das palestras, abre-se também a possibilidade para debates abertos, abordando temas de interesse dos alunos, como bullying, exposição em redes sociais, religião, descriminalização de drogas, aborto, homofobia, feminismo, liberdade de expressão, entre outros. Dessa forma o aluno encontra um canal real (e não virtual) de expressão, onde aprende a conviver com o contraditório, procura a sua própria voz e exerce sua cidadania.


Trágico e Cômico é o livro que aborda a
decadência do sistema político brasileiro


Charges, cartuns e tiras contendo críticas sociais e questionando
valores da sociedade serão apresentados, além de cases
sobre charges que geraram grande repercussão


Abaixo alguns dos trabalhos desenvolvidos:


Palestra + Debates para o ensino médio (Colégio Excelência, 2016)


Palestra sobre política + autógrafos com leitores na Bienal 2016

Palestra para alunos do 6o ano fundamental na Escola Aubrick (2015)

Palestra para pais e alunos na Quinzena Literária (Aubrick, 2015)

Palestra com o IBS para alunos da rede pública no Maranhão (2015)

Palestra para secretários, agentes de saúde e professores (CE, 2014)